Lamego

Lamego situa-se a sul do Rio Douro, faz parte do distrito de Viseu e é um dos pontos urbanos mais importantes da região duriense. A cidade foi ocupada pelos romanos, tendo sido cristianizados pelos visigodos no século VI. Os mouros conquistaram grande parte de Espanha e Portugal durante o século VIII e grandes batalhas tomaram lugar entre cristãos e muçulmanos na região, até que, Fernando Mago de Leão, derrotou os mouros tendo, assim, reestabelecido a igreja cristã. Lamego é hoje uma diocese.

O Altar de Nossa Senhora dos Remédios é um dos principais monumentos da cidade. Está localizado no topo de uma grande escadaria construída no século XVIII no Monte de São Estevão.

A Catedral de Lamego data a uma época anterior à nação, tendo sido renovada várias vezes. Hoje em dia, combina uma grande variedade de estilos e é um dos mais belos monumentos da região.

A Igreja de São Pedro de Balsemão é a segunda igreja mais antiga da Península Ibérica, sendo possivelmente de origem visigoda.

Lamego é uma mistura de influências celtas, visigodas, mouras e cristãs, podendo orgulhar-se do seu grande património.

O município está preenchido de igrejas, capelas, aldeias históricas, pontes medievais e de inúmeros vestígios de ocupação primitiva.

 

 
 

Copyright © 2019 Quinta do Outeiro.

Hide